17 julho 2008

O estado da arte do aquecimento global


(Via Blasfémias)

Vamos lá! Toca a investigar a relação entre os autores do paper e os grandes interesses do petróleo, do nuclear e da apanha da uva-mijona. E não venham com a cena que os autores não têm credibilidade internacional e blá-blá-blá. Para refutar é contradizer as evidências e cálculos apresentados.

3 Commets:

Blogger alf said...

Investigar? Mas não há contradição nenhuma! O actual modelo do aquecimento global prevê uma década de arrefecimento global. E seja o que fôr que aconteça com a temperatura, será sempre o que o modelo de aquecimento global prevê!

A matemática tem esta propriedade maravilhosa - é sempre possivel acertar os modelos com a realidade. Coisa que antes apenas estava ao alcance da religião.

Hoje, tanto a Religião como a Matemática estão livres desses espartilho do conhecimento que é a Lógica

8:48 da tarde  
Blogger joserui said...

O Blasfémias é uma excelente fonte científica. Há outras.
De facto a credibilidade é pouca (de um e de outro), mas o problema não são "os grandes interesses do petróleo, do nuclear e da apanha da uva-mijona", são essas grandes potências das eólicas, solar, renováveis e da uva-mijona. Esses é que aprenderam com os do tabaco a fazer campanhas despudoradas. -- JRF.

4:40 da manhã  
Blogger Tarzan said...

Essas campanhas despudoradas chamam-se lobbies

8:50 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home