24 abril 2008

Explicações


O JPC defende aqui que a principal razão do atraso português se deve à situação periférica de Portugal na Europa. Eu pergunto-lhe: e a discrepância de desenvolvimento económico e humano face a Espanha também pode ser explicada à luz do mesmo argumento?

5 Commets:

Blogger João Pinto e Castro said...

Claro que sim. As regiões de Espanha mais próximas de Portugal e, logo, mais excêntricas em relação ao centro da Europa são também as mais atrasadas dos nossos vizinhos.

10:46 da manhã  
Blogger alf said...

a explicação do JPC pode ser invertida: as regiões de espanha mais próxima de Portugal serão (?) as mais atrasadas de espanha não por estarem mais longe do centro da Europa mas por estarem mais próximo de Portugal!

A geografia é fraca explicação. Pode servir para potenciar aspectos negativos da sociedade, não nego isso, o isolamento propicia quase sempre o atraso porque o Homem não tende naturalmente ao progresso - se puder, prefere a estagnação, que hoje seja o mais possivel igual a ontem.

Mas a história mostra-nos que muitas vezes até foi ao contrário.

Eu diria que há fontes de estagnação e fontes de progresso. Em Portugal instalou-se em determinada altura uma fonte de estagnação e ainda estamos com dificuldade em nos livrarmos dela.

O Sócrates parece querer instalar uma fonte progresso, que não é mais que uma atitude perante a vida; mas está dificil...

5:09 da tarde  
Blogger jd said...

isso da periferia e da dimensão não tem qualquer relevância. é preciso citar quantos exemplos?

Os países nórdicos são centrais? Espanha é central?

A holanda é algum gigante? A Irlanda?

4:09 da tarde  
Blogger João Pinto e Castro said...

Estes comentários são um show de ignorância: 70% das disparidades de níveis de desenvolvimento entre regiões e países é explicada pela simples latitude.

4:37 da tarde  
Blogger Tarzan said...

João Pinto e Castro,

que tal usar argumentos? Assim poderá justificar porque é que os seus comentários se distinguem neste "show de ignorância". Venham eles.

9:12 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home