30 março 2007

Pacifismo selectivo

3 Commets:

Anonymous DLM said...

O luis fazenda tem sentido de humor. Vamos ver se na proxima vez que a manada sair à rua para partir estabelecimento comerciais e virar carros vai apelar ao espirito democratico dos manifestantes

4:40 da tarde  
Blogger Rodrigo said...

um amigo meu tem uma teoria. Diz que tudo é desculpavel se for a torcer pela equipe mais fraca. Assim, como os palestinianos, imigrantes, minorias, etc., sao a equipe mais fraca, nao se lhes pode criticar nada, e como o homem branco e o bush sao vistos como mais fortes, podem ser cortados aos pedacos, que "é justo".

5:00 da manhã  
Blogger Diogo Almeida said...

No fundo a ideia do amigo do Rodrigo é nada mais do que o conceito base socialista da redistribuição de riqueza aplicado à redistribuição do poder (ou seja, um duplo disparate). Só não é o Estado a fazer essa redistribuição mas os opinion makers que, ao apoiar os mais fracos, lhes dão mais força, retirando-a ao poder vigente. Tal como na redistribuição de riqueza, este conceito é cego ao pormenor de cada caso e provoca enormes injustiças, pois esquece que ser fraco ou forte não significa ter ou não razão.

1:05 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home